quarta-feira, 4 de março de 2009

Fast-food deve parar venda de lanche + briquedo - Publicado por Jairo Len


Finalmente uma boa notícia!
O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo recomendou, ontem, que as redes de fast food Burger King, Bob's e Mc Donald´s suspendam a venda promocional de brinquedos em suas lanchonetes. As empresas tem dez dias para responder a recomendação. O MPF também pediu que a a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se manifeste sobre o tema. A procuradoria considera que venda de brinquedos estimula as crianças a se alimentarem de forma não saudável (não tenho a mínima dúvida sobre isso).
O Código de Defesa do Consumidor (CDC) proíbe o uso profissional e calculado da fraqueza ou da ignorância do consumidor infantil, que, de acordo com a MPF, "é um público que não completou sua formação crítica e não tem capacidade de distinção e de identificação do intuito lucrativo a apelativo da promoção". Concordo. Muitos países do mundo, como a França, proibem quaisquer tipos de propagandas voltadas ao publico infantil ou com linguagem direcionada às crianças.
Em 2006, o McDonald´s firmou um termo de "ajustamento de conduta" com o MPF para que os brinquedos que acompanham o McLanche Feliz sejam também vendidos separadamente. Já é alguma coisa...

Os lanches fast-food, de uma forma geral, ultrapassam as quantidades de sódio e gorduras saturadas permitidas para as crianças (vide postagem de 10 de fevereiro de 2009 - http://clinicalen.blogspot.com/2009/02/porcaritos-sao-piores-do-que-esta.html)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.