segunda-feira, 15 de junho de 2009

Adolescentes que comem peixe são mais inteligentes - Publicado por Jairo Len

Não gosto muito dos estudos modernos sobre alimentação - a cada mês conclui-se que um alimento faz MUITO BEM (como é o caso do brócolis, chá verde, café, nozes...) ou que FAZ MAL, por diversos motivos. Até o ovo, condenado há alguns anos, hoje em dia é considerado "ótimo" para o coração e circulação...

Sabidamente o PEIXE sempre foi um alimento recomendado.

"Descobrimos uma relação clara entre o comer peixe com frequência e os índices elevados" de QI em adolescentes, disse em comunicado Kjell Torén, que realizou o estudo para o Hospital Universitário Sahlgrenska, de Goteborg, na Suécia.
A pesquisa analisou o QI e as capacidades de expressão e orientação espacial de 3.972 suecos de 15 anos em 2000, que foram comparados três anos depois, no exame médico de convocação para o serviço militar.
Os rapazes que em 2000 comiam peixe pelo menos uma vez por semana tinham pontuação 7% mais elevada em seus testes de QI realizados três anos mais tarde.
Mas os que comiam peixe mais de uma vez por semana registravam pontuação 12% mais elevada que a média.
"Há uma correlação clara entre o consumo regular de peixe aos 15 anos e maiores possibilidades intelectuais aos 18", concluiu Maria Aaberg, coautora do estudo, citada no comunicado.

Alguns estudos também mostram que comer peixe durante a gravidez favorece o desenvolvimento intelectual do feto, assim como retarda a decadência dos neurônios nos idosos.
O peixe é uma fonte de ômega-3, ou seja, de ácidos graxos, que já tiveram demonstrada sua importância para o desenvolvimento e o funcionamento do cérebro.
As fórmulas infantis modernas já contém ômega-3, assim com diversos alimentos industrializados, como leites longa-vida, margarina, entre outros.
A semente de linhaça também é excelente fonte de ômega-3.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.