sexta-feira, 24 de julho de 2009

Mais Gripe - Postado por Jairo Len

Ainda que os meios de comunicação estejam esgotando minuto-a-minuto as novidades sobre a Gripe Suína, 100% dos pais e mães tem me perguntado sobre o assunto.
Não tenho novidades, mas faço alguns comentários para fechar a semana:

- A Gripe Suína, nos meios médicos, já está sendo conduzida como a Gripe Sazonal, num diagnóstico chamado de "Síndrome Gripal". Portanto esta nova gripe não é pior ou melhor que as Gripes de todo ano.

- Sempre morreram e vão morrer milhares de pessoas por conta da Gripe no mundo. No Brasil, estima-se que nos anos anteriores morreram cerca de 700 a 800 pessoas por Influenza. O índice de mortalidade por Gripe é de 0,4%. A cada 1.000 doentes, provavelmente 4 vão morrer. A maioria destas mortes está nos grupos de risco (como doentes crônicos).

- O índice de mortalidade na América Latina tem se mostrado 3 vezes maior que no mundo chamado "civilizado" (estes números já justificam o termo "civilizado"). Isso é preocupante, e revela o descaso que o governo tem por aqui, e a dificuldade de acesso da população aos tratamentos de primeira qualidade.

- O medicamento Tamiflu INFELIZMENTE está sob controle do governo. Já pode ser liberado nos hospitais particulares de referência (como o Einstein, Sírio, São Luiz), mas mesmo assim há rigido controle. De modo que os médicos particulares (como eu!) não podem prescrevê-lo a seus pacientes diretamente. Já tive alguns casos de Influenza A e não pude medicar (exceto mandando o paciente ao pronto socorro).
- Pessoa sem sintomas ficar zanzando por aí de máscara é péssimo. Nos hospitais e clínicas, nos aeroportos, e locais aonde o contágio é mais provável, eventualmente. Se não precisar, evite estes lugares.

- A volta às aulas está aí. A não ser que haja recomendação diferente, as crianças devem voltar às aulas normalmente.

- E como sempre, as crianças doentes devem ficar em casa. No caso de "Sindrome Gripal", ficar em casa por 10 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.