segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Aulas x Gripe Suína - Postado por Jairo Len



Como era previsto, com o reinício (tardiamente errado) das aulas, os casos de Influenza A (sazonais ou suínos) tem sido frequentes, e por isso mais dúvidas tem aparecido.

Atualmente existem um "novo" diagnóstico, que é a Síndrome Gripal. Pode ser definido como qualquer criança ou adulto com: febre (acima de 38ºC), tosse, e/ou falta de ar, e/ou dor de garganta. Diante deste quadro clínico, na ausência de um foco infeccioso definido (como, por exemplo, uma amídala com pus), pode-se firmar o diagnóstico de Gripe, e o Tamiflu pode ser iniciado, assim como as medidas epidemiológicas - o afastamento da escola, dos irmãos, etc.
Sem mais exames diagnósticos. "Simples e complexo".

AFASTAMENTO INDIVIDUAL
Não há uma regra a ser seguida no caso se, na classe do seu filho, alguma criança for diagnosticada com Gripe Suína ou Sazonal.
A criança deve ser afastada, obrigatoriamente. O prazo de segurança para o afastamento é de 10 dias, após o final da febre. Lembro que as crianças podem excretar o vírus por até 14 dias.

INTERRUPÇÃO DAS AULAS
Algumas escolas tem seguido a regra européia: após 3 casos na mesma classe, suspendem-se as aulas por 1 semana. Lembro que a Europa, de modo geral, não enfrentou uma epidemia tão ampla como aqui no Brasil.
Nos EUA não houve uma regra: depende de cada estado, de como vai a epidemia, etc. Mas em geral no segundo caso de Gripe na mesma sala, eles suspendem as aulas daquela turma.
Eu acho que o mais prudente é: caso haja 2 casos, com menos de 7 dias entre o primeiro e o segundo, as aulas devem ser suspensas, por 7 dias seguidos.
As escolas, para não gerar pânico, devem comunicar somente os pais daquela sala aonde houve o caso.

IRMÃOS
De um modo geral, os irmãos das crianças diagnosticadas devem ter vida normal, observando-as de perto. No primeiro sintoma (febre, tosse, falta de ar), considerá-las como caso suspeito - e daí tudo se repete: avaliação médica, remédio, afastamento...

EXCESSO DE ZELO
Alguns pais tem afastado seus filhos da escola quando aparece um colega de classe com suspeita diagnóstica de Gripe. E me perguntam se estão certos de tanta preocupação.
Minha resposta não tem sido assertiva...: cada mãe e cada pai tem o direito de decidir o que acha melhor para seus filhos - a "gripemania" no Brasil estressou demais a todos. As escolas tem feito sua parte, determinando os afastamentos e suspensões de aulas, bem como relevando as faltas, de modo bem facilitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.