quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Diet, Light e Crianças - Postado por Jairo Len


A maioria das pessoas ainda faz confusão entre os produtos diet e light. E aqui no Brasil, por falta de legislação e fiscalização, a bagunça é ainda maior.

Um produto DIET é aquele em que algum ingrediente foi 100% retirado: na maioria das vezes, é o açúcar - caso das gelatinas diet, pudins diet, refrigerantes diet ou zero, chicletes diet, etc. Nem sempre estes alimentos possuem menos calorias: os chocolates diet, por exemplo, não contém açúcar mas são mais calóricos que os chocolates normais.
Um alimento que não contenha glúten, sódio ou lactose também pode ser chamado de diet.
Em geral os produtos diet (de açúcar) contem, em sua substituição, os adoçantes artificiais.

Um produto LIGTH é aquele que possui no mínimo 25% menos calorias ou algum nutriente em relação ao original. Um pão, para ser light, deveria ter 25% menos caloria por fatia - isso se faz às custas de redução de açúcar e gordura na sua fórmula.
Portanto produtos light normalmente contém açúcar e gorduras, em menores quantidades. Um pão light, por exemplo, é feito com menos gordura. O mesmo vale para os laticínios light, como requeijão, queijos brancos e fundidos, cream cheese: em geral contém menos gorduras e por isso são menos calóricos. Em muitos é retirado o açúcar por completo.

Isso posto, algumas considerações:

- Visite um supermercado e você vai ver a confusão que fazem: tem muito light em menos açúcar (se tirar 25% do açúcar, pode chamar de light), mas com mínima redução de calorias: basta ver as barrinhas de fibra. Portanto, não confie no rótulo: leia a composição e nutrientes.

- Os diet em geral contém adoçantes artificiais, e por isso seu uso em crianças deve ser limitado. Não existe uma quantidade "máxima" exata de adoçante por dia, mas basta usar o bom senso: balinhas e chicletes diet, sem problemas; refrigerantes diet ou zero (ou os normais!!!) em mínimas quantidades: 500 ml ao dia já contém limítes máximos de adoçantes artificiais para as crianças. Uma taça de gelatina diet ou duas bolas de sorvete diet não fazem mal a ninguém.

- Os alimentos light podem ser usados pelas crianças - os laticínios light, a meu ver, são melhores ainda para a saúde de todos, não obstante perderem sabor.
CONFUSÃO: É importante prestar atenção porque alguns alimentos light são diet também, e contém adoçantes artificiais (como o caso dos sucos Del Valle, dos chás prontos, a Coca Light).
Outros tem nome de coisa light (como o suco clight) e são diet e contém adoçantes artificiais.

- O mais importante é LER os ingredientes e calorias, ao invés de confiar nos termos light e diet.

- Em relação aos adoçantes, todos podem ser usados com moderação para as crianças, mas o único que comprovadamente é inofensivo é a SUCRALOSE, um derivado do açúcar. O nome comercial é Línea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.