terça-feira, 22 de setembro de 2009

Obesidade na infância pode antecipar doenças cardíacas - Postado por Jairo Len


Pode ser óbvio (quem não sabia?), mas os médicos agora provaram por "a + b". Pesquisadores do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, baseados na revisão de pesquisas realizadas sobre o assunto, comprovaram que a obesidade nas crianças é causa de doenças cardíacas mais precoces. A mais comum? Aterosclerose, que causa hipertensão, infartos, AVCs...

A criança e o adulto jovem obesos podem adiantar em 20 anos o aparecimento destes problemas. Dietas ricas em gorduras, pobre em fibras, pouco exercício físico: a receita ideal para a cardiopatia precoce.

Na Clínica, vejo com certa frequência crianças e adolescentes que já tem, precocemente, a Síndrome Metabólica - aquela doença comum nos adultos obesos (de pernas finas e barriga protrusa) caracterizada por obesidade, hipertensão arterial, aumento de triglicérides, insulina e glicose.

Repito diariamente nas consultas como é importante a criança pré-escolar não ser obesa e "fofinha" como muitas mães queriam. É melhor ser magra. Ou, no mínimo, se alimentar de forma adequada.

A saúde e alimentação dos filhos é assunto muito sério. No dia-a-dia, devemos ser rigorosos com gorduras trans e saturadas, doces, refrigerantes e excesso de sal. Os lanches e merendas levados (ou oferecidos) na escola devem ser o mais naturais possíveis, evitando bolinhos (Ana Maria e afins...), bolachas recheadas, suquinhos prontos, salgadinhos fritos (muitas escolas ainda vendem...).

Sem radicalizar...De vez em quando, ninguém vai ter aterosclerose por comer salgadinho nas festas infantis, um pastel na feira, uma fatia de bolo bem recheado ou um churrasco caprichado. Bom senso é a medida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.