domingo, 27 de dezembro de 2009

Fim de Ano - Postado por Jairo Len

A década acaba em grande estilo - 2009 foi um ano "inesquecível"...
Espero que, em saúde - pelo menos - 2010 seja um ano um pouco melhor. A gripe suína e toda a confusão que girou em torno dela - a falta de informações, de diagnóstico e de medicação... Vamos torcer para que a "segunda-onda", esperada para o ano que vem, seja ao menos mais organizada. E, é claro, menos intensa.
A vacina vai chegar e, sendo de boa marca (GSK, Aventis-Pasteur, Chiron, MSD...) todos que puderem devem recebê-la. Ainda não se sabe quando chegará e como será sua distribuição.

Para as férias, não se esqueça (só vale para nossos pacientes, por força da legislação): nas viagens ao exterior, é fundamental levar aquela lista de remédios (com a receita original) que fornecemos na Clínica: antitérmicos, remédios para vômitos severos, antialérgicos, antibiótico, colírio, etc.
Vejo a diferença absurda quando me ligam do exterior para uma ajuda...e os pais tem os remédios em mãos. Facilita muito. Como curiosidade: o Tamiflu (Oseltamivir) - para gripe suína - não consta da lista. O uso do Tamiflu tem que ser feito de forma muito controlada, com exame físico e exames laboratoriais. Tratar uma infecção bacteriana como se fosse uma gripe (só com oseltamivir) pode ser um enorme erro.

Outro detalhe (não médico), mas que sempre ouço dos pais na volta das férias: só leve os documentos originais para os aeroportos. É um sufoco chegar no check in e não poder embarcar por falta de documentos originais das crianças. Já ouvi alguns casos.

E muito cuidado com o sol: só neste fim de semana de Natal duas mães me ligaram que houve exagero no sol e seus filhos estavam super-queimados. Não há muito para fazer, além de cremes hidratantes, anestésicos (como o Solarcaine) e analgésicos...

A Clínica Len funciona normalmente neste fim de ano e início de 2010. Exceto nos dias 31 e 1º de janeiro, nos demais dias úteis, "vida normal". No reveillon, como sempre, será muito fácil nos achar nos telefones celulares e e-mail.

E para finalizar o ano, deixo aqui um poema que, para mim, marca o que fará de 2009 um ano totalmente diferente dos outros...

Ausência [Carlos Drummond de Andrade]

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

..................................................................

Desejo a todos um Ano Novo com muita saúde e que todos os planos, vontades, desejos e caprichos se realizem plenamente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.