quinta-feira, 4 de março de 2010

Vacina contra H1N1 - Postado por Jairo Len

Mais uma vez recebo dezenas de telefonemas e e-mails diariamente sobre a chegada da vacina contra Influenza A-H1N1. As duas perguntas mais frequentes:
- Devo recebê-la? Meu filho deve recebê-la nos postos de saúde?
- Teremos a vacina H1N1 na Clínica?
Começo pela segunda pergunta. Provavelmente não. Teremos, com certeza, a vacina tríplice, do Laboratório Solvay - mas que não contempla a cepa A/California/7/2009(H1N1) - a cepa que protege contra o vírus da gripe suína. A vacina que chegará às clínicas particulares é a vacina sazonal, que temos todos os anos, recomendada pela OMS para o hemisfério sul...
Não há previsão de chegada da vacina monovalente H1N1 nas clínicas particulares de vacinação.
O FDA (U.S. Food and drud Administration) aprovou as vacinas monovalentes H1N1 dos seguintes laboratórios: CSL Limited (AstraZeneca), ID Biomedical, MedImmune LLC, Novartis Vaccines and Diagnostics Limited, Sanofi Pasteur, Inc. e GlaxoSmithKline.
Como as coisas aqui no Brasil são sempre incertas e imprecisas, pode ser que a vacina chegue para nós. Comunico aqui no Blog.

A primeira pergunta é mais complicada. Devemos tomar a vacina monovalente H1N1 nos Postos de Saúde, se for a única opção?
A resposta ainda não vai fazer você concluir nada... Eu acho que a segurança de uma vacina de gripe suína (ou quaisquer outras vacinas) depende da sua origem, do laboratório produtor. Conhecemos os grandes e confiáveis laboratórios - como estes citados acima e outros: Meizler Biopharma, Baxter, MSD, etc...
Se a vacina contra gripe suína for fabricada por algum destes laboratórios, é segura. Os estudos e vacinações no exterior já concluíram que esta vacina é como as demais vacinas contra influenza. Pode ter seus efeitos colaterais, como dor no local da aplicação, dores pelo corpo e mal estar, febre.
Convido você a checar a página do CDC (Center for Disease Control and Prevention), órgão regulador norte-americano. O conteúdo infelizmente é em inglês, mas uma rápida olhada nos dá uma noção que este assunto é tratado de forma seríssima por lá.
http://www.cdc.gov/h1n1flu/vaccination/vaccine_safety_qa.htm
Convido em seguida a checar a página do Ministério da Saúde do Brasil.
http://portal.saude.gov.br/portal/aplicacoes/noticias/default.cfm?pg=dspDetalheNoticia&id_area=1616&CO_NOTICIA=11005
Você vai notar que a preocupação brasileira é outra, menos científica e mais publicitária. E que 33 milhões de doses vem do Instituto Butantã. Além disso, existem dois laboratórios chineses (o principal é o Sinovac) que vendem vacinas ao governo brasileiro.

Em breve coloco aqui alguma conclusão mais precisa. Vamos deixar a imunização do governo iniciar.

Um comentário:

  1. Eu já tomei a vacina contra h1n1, pois sou prof. de saúde, mas sou lactante e minha filha tem 2 meses, e ela não terá direito de receber. queria saber se ela vai estar imunizada pelo ,eu leite materno, q é a única alimentação dela, no momento. Obrigada. Rafaela

    ResponderExcluir

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.