quarta-feira, 12 de maio de 2010

O risco de trabalhar demais - Postado por Jairo Len

O assunto não é propriamente pediátrico, mas tenho certeza que seus filhos gostariam que você prestasse atenção nisso...

Um estudo realizado na Finlândia, no Finnish Institute of Occupational Health, avaliou mais de seis mil adultos entre 39 e 61 anos, saudáveis do ponto de vista cardíaco. Os pesquisadores descobriram, ao longo de 11 anos, que trabalhar três horas a mais por dia (10 horas ao invés de 7 ou 8 horas/dia) eleva em 60% a chance de danos cardíacos - elevando bastante o risco de mortalidade. Os parâmetros de colesterol e hipertensão não se alteraram... Portanto, os fatores mais importantes foram o stress crônico e o cansaço.

Outro ponto percebido foi que o excesso de trabalho muitas vezes serve para camuflar sintomas de depressão, insônia e ansiedade.

É claro que trabalhar tantas horas em um dia tem relação com alimentar-se mal e fazer menos exercícios - mas a comparação foi válida para pessoas com os mesmos hábitos. Morre mais quem trabalha mais de 10 horas por dia, independente do estilo de vida.
Quem exerce suas atividades com prazer (quem gosta do que faz) teve índices menores de dano cardíaco, mesmo trabalhando muito.

Infelizmente o excesso de trabalho não é uma opção para todos (é quase uma obrigação). Mas se é uma opção, é melhor pensar muito bem nos próximos 11 anos.

Um comentário:

  1. Prezado Dr.Jairo Len
    Boa noite!
    Abcs e parabéns pela matéria.
    Alexandre Taleb
    Consultor de Imagem/Personal Stylist
    AICI - USA member - association of image consultants international
    Blog: http://ataleb.wordpress.com
    Site: www.alexandretaleb.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.