quarta-feira, 5 de maio de 2010

Vacina H1N1 e Sazonal - Postado por Jairo Len

Assunto encerrado?Longe disso...
Posto hoje algumas atualizações e respostas a dúvidas que chegam por e-mail ou telefonemas.

- No momento não há vacina trivalente (H1N1 + Sazonais) à disposição. O estoque esgotou rapidamente. Há promessas para a segunda quinzena de maio. Posso afirmar que é tudo "especulação". No mês de abril, quando a primeira remessa de vacina trivalente Solvay chegou, as promessas eram que só chegariam no mês seguinte. E, de repente...a surpresa. CEDIPI, Delboni, Eisntein, Fleury haviam recebido. Portanto, a qualquer hora estas clínicas devem receber novamente.

- Além da trivalente Solvay, deve chegar a trivalente da Sanofi Pasteur. As duas vacinas são iguais em relação aos vírus que imunizam. Aliás, todas as vacinas de diferentes fabricantes (trivalentes 2010, bivalentes 2010 e monovalentes 2010) tem que ser exatamente iguais, de acordo com as cepas que a OMS recomenda.

- Portanto, serão intercambiáveis em relação à dose de reforço.

- Aliás, o assunto mais comentado: a dose de reforço. É simples, muito simples:
Crianças abaixo de 9 anos de idade, na primeira vez na vida que recebem a vacina contra influenza (qualquer tipo de vacina influenza) precisam receber duas doses, com um mês de intervalo.
Se seu filho recebeu uma ou duas doses da vacina influenza em 2009 ou em anos anteriores, SÓ PRECISA RECEBER UMA DOSE da vacina em 2010. Sem reforço, certo?
Após 9 anos de idade, sempre dose única.

- A história de "meia dose" é uma besteira. Ninguém recebe meia dose... O fato é que as crianças abaixo dos 3 anos de idade recebem uma dose de 0,25 ml (dose pediátrica), e acima desta idade, sempre 0,5 ml (dose adulto). Se precisam ou não de reforço, depende só se já foram vacinadas em anos anteriores (certo?).

Desculpem a repetição, mas vou dar exemplo prático com as dúvidas que me chegaram:
CASO 1 - "hoje vacinei minha filha de 4 anos no delboni e deram dose inteira e me pediram para voltar daqui um mês para aplicar mais uma dose. Correto?
ORIENTAÇÃO: A dose aos 4 anos é sempre 0,5 ml (dose adulto), vulgo "inteira". Sua filha deve tomar a segunda dose após 1 mês só se ela nunca recebeu (em 2009, 2008, 2007...) a vacina contra gripe. Se em anos anteriores ela recebeu uma dose vacina contra influenza, não precisa reforço neste ano.
Caso 2 - eu levei minha filha para vacinar na delboni e ela também tomou dose inteira, questionei o por que, sendo que em outras unidades estão dando em duas doses. Ela tem 5 anos, mas a enfermeira não falou que era para voltar em um mês para aplicar outra dose, estou preocupada.
ORIENTAÇÃO: A dose aos 5 anos é sempre 0,5 ml (dose adulto), vulgo "inteira". Sua filha deve tomar a segunda dose após 1 mês só se ela nunca recebeu (em 2009, 2008, 2007, 2006, 2005...) a vacina contra gripe. Se em anos anteriores ela recebeu uma dose de vacina contra influenza, não precisa reforço neste ano.

- Em relação ao reforço: Quanto ao fato de ser a primeira dose monovalente, a segunda trivalente ou vice-versa, aí bagunçou... O ideal é que todos tomassem as trivalentes, pelo menos na segunda dose (crianças vacinadas pela primeira vez na vida).
Mas a vacina trivalente está em falta... Tenho recomendado, portanto, que se há necessidade de reforço agora, que a vacina seja feita nos postos de saúde (monovalente). Se seu filho precisa do reforço mas não se encaixa nas faixa etárias do governo, vá até um posto e insista. Mostre que é segunda dose. Convença a enfermeira. Invente uma doença crônica. Use o jeitinho brasileiro. Faço essa recomendação tosca porque acho tosco o governo não vacinar crianças e adolencentes entre 3 e 19 anos de idade.

- E os que receberam a vacina monovalente, dose única, nos postos de saúde, devem receber a trivalente quando ela estiver novamente disponível? O mais importante neste ano é proteger-se da H1N1. Mas se começarmos a ver casos de influenza H2N3 e B (os "sazonais"), recomedarei aqui no blog que todos procurem as clínicas de vacinação e se imunizem. O governo inicia neste sábado, só para idosos, a vacina bivalente (H2N3 + B), como complemento da monovalente (H1N1).

Um comentário:

  1. Boa Tarde, moro em São Paulo, tenho uma filha de 9 e um filho de 14, tenho ligado quase todos os dias para uma clinica de vacinação tentando conseguir vaciná-los e todo dia escuto semana que vem ou sexta-feira e a vacina nunca chega. Viajo dia 30/06 para os USA e estou preocupada, principalmente com o vôo. O Sr. sabe me indicar onde conseguir a vacina trivalente?
    Grata
    Cristiane
    04/06

    ResponderExcluir

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.