sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Bullying no RJ - um bom exemplo - Postado por Jairo Len

A meu ver, o Bullying é um problema muito sério e deve ser fortemente combatido. Na maioria das vezes, culpa da omissão das escolas associada ao erro dos pais em não educar seus filhos (como se dizia antigamente, mal educados). A criança, efetora do Bullying, é só uma parte do problema.
No Rio de Janeiro, uma lei estadual recém sancionada obriga diretores de escolas públicas e particulares a notificar a polícia e o Conselho Tutetar em casos de bullying. Se não cumprir a lei, multa de 3 a 20 salários mínimos. Esta pena está prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente sempre que existe omissão aos maus tratos.
O texto abrange violência física e psicológica.
Na minha opinião, o grande avanço é fazer com que as escolas parem de fingir que não veem o que ocorre em baixo do seu nariz. Educação vem de casa e é complementada de forma importante pelas escolas, principalmente no que diz respeito à vida em grupo.
Aos pais, cabe ter um mínimo de sensibilidade e conversar diariamente com seus filhos, perguntar como foi o dia na escola - e perceber, olhando para o filho (e não para o Blackberry) se ele não mudou de semblante e se não desviou o olhar quando você faz a pergunta mais básica do planetas: "-Tudo bem com você?".
Poucas crianças conseguem esconder seus sentimentos. Se há algo de errado, conversar com a diretora da escola.
E as escolas, notificadas pelos pais, vão ter que começar a se mexer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.