terça-feira, 12 de abril de 2011

Bisfenol na berlinda - Postado por Jairo Len

BJá postei anteriormente sobre o bisfenol-A (leia o post), uma substância com possíveis efeitos maléficos na saúde. O bisfenol-A é usado para fazer certos tipos de plásticos (como mamadeiras e copos de transição).
A Justiça de São Paulo finalmente tomou uma atitude: determinou que, em 40 dias, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) regulamente a obrigatoriedade de informação "adequada e ostensiva" sobre a presença da substância BPA (bisfenol A) nas embalagens de alguns tipos de produtos - como as mamadeiras e recipientes de bebidas.
O bisfenol-A é proibido na União Européia, Canadá, China e Malásia para a produção de copos e mamadeiras infantis. Nos Estados Unidos os fabricantes não usam mais BPA nestes produtos.

"De acordo com a pesquisadora Fabiana Dupont, membro do grupo de estudos sobre desreguladores endócrinos da Sbem (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), o produto afeta, principalmente, os fetos e já foi relacionado a câncer de mama e de próstata, diabetes, obesidade, puberdade precoce, puberdade tardia, problemas cardíacos e comportamentos sociais atípicos em crianças." (Fonte: folha.com)
Proibir ou não...chegaremos lá.
Mas é direito de cada um de nós saber se o que compramos tem BPA ou não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.