sexta-feira, 3 de junho de 2011

Solidadriedade e acolhimento - Postado por Jairo Len

Quase todos já viram aquele comercial em que uma irmã raspa seu próprio cabelo para se solidarizar com a outra, que está passando por sessões de quimioterapia...
Em Governador Valadares, MInas Gerais, alunos do 3º ano do ensino médio fizeram uma surpresa em solidariedade a um dos colegas, sem cabelos por ter inicado as sessões de quimioterapia para a cura de um Sarcoma de Ewing: todos os meninos da sala e mais três diretores rasparam suas próprias cabeças para receber o amigo em seu primeiro dia de "volta" às aulas.
“A atitude dos meninos não foi comum. Foi uma coisa tão alto astral. Fizeram para que ele não se sentisse excluído por estar careca”, disse a mãe de Artur Gonçalves, o "homenageado", de 17 anos, que está no terceiro ano e vai tentar vestibular para Engenharia na Universidade Federal de Minas Gerais. Ainda segundo ela, as garotas da sala também se mobilizaram e acompanharam os colegas até o salão onde cortaram o cabelo.
“Não dá pra explicar, não. Me senti acolhido”, completou Artur, dizendo que a surpresa trouxe motivação e força para continuar o tratamento.
Em uma época de tantas tragédias envolvendo escolas e escolares, uma notícia que ajuda a todos.

Fonte/Foto: G1.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.