quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Boas férias - Postado por Jairo Len

Como nos anos anteriores, além de desejar ótimas férias para todos, faço algumas lembranças e recomendações para as viagens com crianças - retiradas das perguntas que me fazem no dia-a-dia.

Em primeiro lugar, uma coisa que não consigo entender - deve ter algum motivo, não pode ser por pura mediocridade: nossos passaportes (novos, de capa azul) não tem os nomes da mãe e pai - só o nome do indivíduo. Não esqueça de levar junto a carteira de identidade ou certidão de nascimento  originais dos seus filhos para o aeroporto. Neste ano, nas duas vezes que saímos, tivemos problemas - não fosse as carteiras de identidade que carregamos sempre, teríamos que passar no juizado de menores. E o mais patético é que os agentes da polícia federal parece que estão vivenciando a situação pela primeira vez na vida...
Ou seja, o passaporte não mostra que seus filhos são seus filhos - você tem que provar. País da piada pronta, como diria José Simão.
Outro ponto prático - mas dúvida frequente: água mineral é vendida à vontade após a passagem pela polícia federal, nos saguões de embarque. Compre. Não dependa dos comissários de bordo, que parecem estar sempre em greve...(Obs: nas companhias norte-americanas, sejamos justos).

Fora isso, questão burocrática, vamos à prática.
Não esqueça de ter em mãos alguns remédios básicos, a farmacinha. Além dos analgésicos (Tylenol, Alivium, Novalgina), é sempre bom ter medicação para náuseas e vômitos, antialérgicos, pomada para picada de insetos e, determinadas crianças, leve um antibiótico.
Esta lista é muito individualizada, cada pediatra recomenda uma ou outra coisa. Consulte o seu.

Para os voos, sempre recomendo que os pais tenham em mãos o Dramin B6 gotas. Muitas crianças ficam enjoadas e mareadas em viagens aéreas, e o medicamento pode ser fundamental. Analgésico também é bom levar na bolsa.
Comidinha de bordo (salgadinhos, porcaritos, balinhas): tenha em mãos. Não se esqueça.

Para o litoral brasileiro, fundamental ter repelentes, à base de DEET (Off Kids) ou Icaridina (Exposis). Liberados em crianças acima dos 2 anos de idade e usados com moderação, quando necessário, a partir dos 6 meses de vida.
Bloqueadores solares, nem preciso falar, todos já carregam. Se estiver nos EUA, encha a mala... O preço é 4 vezes menos e as opções, infinitas. Como tudo, aliás.

Boas férias! Férias são a grande oportunidade da gente não poder reclamar da falta de tempo para os filhos...

E tire muitas fotos... Uma às vezes fica ótima...!

Um comentário:

  1. Querido Jairo, Bom ano para vcs todos!!!!!!!!
    Preciso levar o Dudu na clinica, sempre levo em dezembro,mas foi uma correria, vou ligar aí e ver qd você vai estar.
    Adorei esse post!!!!!! Vamos para Disney e NY em março ( vamos ficar no mesmo hotel de vcs em NY!!!!) américo que nos aguarde...e já estou fazendo mentalmente minhas listas....O Luiz adora dizer que sou neurótica, mas quem tem na bolsa dramin gotas, lenços umedecidos, balas,potinho com uvas,iPod com músicas do Glee...sou eu ....
    Protetor solar e vitaminas!!!sempre!!!!! pastas de dente e escovas idem !!!!! Wallgreens ou Duane são tão importantes quanto Magic Kingdon ou EMpire State!!!!!
    Agora passaporte....é piada acho...juro!!!!
    Beijos e te vejo ainda esse mês.
    Bia

    ResponderExcluir

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.