terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Dor abdominal por exercício - Postado por Jairo Len

O post vale para todos - por curiosidade - mas quem faz exercícios com frequência (principalmente corrida) sabe do que estou falando: após alguns minutos de corrida você começa a sentir uma dor forte, em pontadas, abaixo das costelas, que te obriga a parar a atividade. Com alguns minutos de repouso e respiração regrada, a dor melhora.
Esta é a Dor Lateral Abdominal Transitória do Exercício (em inglês ETAP - Related Transient Abdominal Pain).
Há inúmeras teorias sobre o causa: respirar pela boca, cãimbra no diafragma, estresse dos ligamentos peritoneais, estase venosa na circulação abdominal, dor no próprio peritôneo por fricção (membrana que recobre o intestino), etc.
Enfim, ninguém sabe exatamente a causa, mas por senso comum se atribui ao músculo diafragma, com participação do peritôneo e seus ligamentos.
Como não ter esta dor?
O ideal, obviamente, é que um treinador oriente o modo de diminuir os episódios da ETAP, o que inclui: progressão leve no ritmo de treino, exercícios respiratórios, alongamentos (destas estruturas envolvidas), adequada ingestão de líquidos antes do esporte (excesso de líquido ou desidratação estão relacionados à dor) e dieta leve.
O importante saber é que esta dor abdominal, apesar de forte, não traz qualquer risco ou consequência posterior.
Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.