terça-feira, 5 de junho de 2012

Protetores Solares - Postado por Jairo Len

A ANVISA mais uma vez publicou novas regras para os protetores solares, que certamente não vão mudar nada na sua vida.
Não sei se eles imaginam que estão prestando um grande serviço ao país ou se riem da gente nas salas de reunião. É claro que estas novas regras tem algum fundamento, como por exemplo:
- Mínimo fator de proteção passa de 2 para 6 (você já usou um protetor fator 2???)
- Que na embalagem venha escrito que o filtro deve ser repassado com frequência...
- Caso seja à resistente à agua, o fabricante deve ter testes específicos para isso (como era antes? A ANVISA não cobrava isso dos fabricantes?)
Medidas inúteis, na prática.

O que a ANVISA e seu lobby poderiam fazer é tentar reduzir a gigantesca carga tributária em cima dos filtros solares, tornando um produto mais atrativo e menos elitizado. Mesmo os protetores baratos (e de má qualidade no Brasil) ainda são produtos de luxo. Já tramita em fase final na câmara dos deputados um projeto de lei que zera o IPI para estes produtos. O autor é um deputado de Pernambuco. O IPI era de 77% em 1992 e atualmente é de 10%. Mas...no país dos impostos, se paga ainda ICMS (17%) e inúmeros outros impostos para cada coisa que compramos.

Já viu o preço dos protetores solares nos Estados Unidos? Nem falo da qualidade (bem superior), mas por lá você compra qualquer marca de filtro solar por U$8 a 14 dólares.

De qualquer forma, é um item fundamental hoje em dia.

CURIOSIDADE

Um caminhoneiro norte americano tomou sol só de um lado do rosto durante 28 anos - o lado esquerdo, que fica voltado para a janela de seu caminhão. Sem filtro solar.
O estrago, que você pode ver na foto abaixo, é causado pelos raios UVA (os mesmos presentes nas câmaras de bronzeamento artificial e na luz do dia-a-dia). Os raios UVB causam câncer de pele.

Não é Photoshop, não...são os raios UVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.