segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Bicicleta e Crianças - Postado por Jairo Len

Cada vez é mais frequente o uso da bicicleta na cidade de São Paulo.
Mais ainda após a criação da ciclofaixa - que apesar de eu não ser um fã - realmente, até agora, se mostrou segura. Misturar carros e bicicletas ou pedestres, separando-os por cones de plástico, é confiar demais na civilidade dos motoristas.
Perto de onde moro, no Alto de Pinheiros, não se respeita o limite de 40 km/hora para carros, ao lado da ciclofaixa. Mais: ainda buzinam e você tem que ir para a faixa da direita...

De qualquer forma, é importante pensar em segurança das crianças quando estão na bicicleta dos pais e na própria bicicleta...
Juntando informações da Sociedade Brasileira de Pediatria e Academia Americana de Pediatria (que parece mais um disclaimer), listo aqui as principais preocupações por quem está por dentro da estatística:

- Crianças devem sempre ser transportadas em assentos especiais, de boas marcas e homologados. Tanto faz se for na frente ou atrás da bicicleta. Nunca se deve usar cangurus ou quaisquer forma de transporte que não seja a "cadeirinha".
- O cinto de segurança deve estar muito bem afixado.
- Quando usar assentos traseiros, estes devem ter proteção e apoio para os braços e pernas da criança, bem como um espaldar mais alto, com apoio de cabeça, caso a criança adormeça.
- Crianças com menos de 1 ano não devem ser transportadas de bicicleta. Só adultos devem carregar crianças em bicicleta.
- Entre 1 e 4 anos a crianças podem andar na bicicleta dos adultos, devendo sempre usar capacete.
- O capacete deve ser de boa marca e do tamanho certo para a cabeça. Deve ser bem fixado, sem frouxidão.

- Quando a criança está na própria bicicleta, cuidado extra: cotoveleiras ajudam a minimizar os efeitos das pequenas quedas, sempre frequentes. Procure também usar roupas de cores fosforecentes e chamativas para as crianças.
- Bicicletas muito grandes ou pequenas para a idade são perigosas para crianças. Os pés da criança devem poder tocar no chão quando a criança está sentada no banco da bicicleta.
- Procure sempre andar de bicicleta em parques e ciclovias exclusivas, com separação física entre bicicletas e veículos pesados. Evite andar na mesma via que os carros e motos, principalmente ao transportar crianças.
- Não use fones de ouvido e música alta.
- No caso de andar em ruas e avenidas (perigo...!) sempre ande no mesmo sentido do tráfego, nunca na contra-mão.
- Grande parte dos acidentes de bicicleta se dá pelo fato do ciclista não respeitar as leis de trânsito (farol vermelho, mudança brusca de faixa sem sinalização).

Você vê que são informações bastante óbvias, mas são veiculadas por organizações e sociedades pediátricas bastante sérias - que percebem, através das estatísticas, que estas informações tão banais são muito importantes para a segurança de todos.

O capacete é a peça mais importante da segurança na bicicleta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.