terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Surto de Gripe nos EUA - Postado por Jairo Len

Tenho recebido inúmeros e-mails, telefonemas e SMSs sobre a epidemia de gripe nos EUA, neste inverno do hemisfério norte.
Quem vai passar férias e carnaval por lá está preocupado.

Todos os invernos nos EUA são caracterizados por um aumento nos casos de gripe - doença viral causada pelos vírus influenza A e B. Neste ano, os casos realmente aumentaram bastante - e teremos reflexo disso no nosso outono/inverno, a partir de junho aqui no Brasil.
Ainda nem de longe se compara à epidemia de gripe suína de 2010 (o H1N1), que teve uma taxa de letalidade bem maior que as gripes que todos os anos causam epidemias.

Na prática

Grande parte da nossa população recebeu a vacina trivalente contra gripe nos 3 últimos anos (2010-2011-2012), e a vacina foi "a mesma" nestes 3 anos. A vacina trivalente é feita com 3 cepas do vírus influenza:
- Influenza A (H1N1) - o famoso vírus da gripe suína, continua presente na vacina 2013
- Influenza A (H3N2) - este vírus foi atualizado na vacina 2013
- Influenza B - este vírus foi atualizado na vacina 2013


Neste ano a epidemia está sendo causada pelos Influenza A (H3N2)
e Influenza B, não por gripe suína (o H1N1).

E a nova vacina, 2013, tem novas cepas destes vírus - porque os vírus causadores desta epidemia atual são novos. Esta vacina só está disponível nos Estados Unidos. Chegará ao Brasil só a partir de abril/maio (como acontece anualmente).
De modo que a proteção pela vacina que todos pudemos receber nos anos anteriores aqui no Brasil não é completa, para a epidemia norte-americana.

Concluindo: quem não se vacinou por aqui em 2012, não adianta "correr" e se vacinar aqui no Brasil. Primeiro, praticamente não há mais vacinas de gripe, e em segundo lugar porque a proteção é parcial (cerca de 15% de proteção para a atual epidemia).

O que fazer?

Não há uma recomendação precisa. Mas não se recomenda, por enquanto, que as viagens sejam canceladas.
Mas nos anos anteriores não houve epidemia entre os turistas - até porque a doença se espalha nas escolas, escritórios, ambientes mais fechados. Nem nos parques (Disney...) houve aumento significativo de casos.
O que não quer dizer que podemos desencanar da gripe. Todos aqueles velhos cuidados com mãos limpas, álcool gel direto, etc... devem continuar. E crianças, que gostam de ficar penduradas em corrimãos e demais apoios (os meus são assim...) devem ser mantidas fazendo outras coisas (como um mini-iPad, perfeito para viagens...!).

Não se recomenda carregar na bagagem o anti-viral Tamiflu, até porque seu uso é bem criterioso, depende inclusive do exame positivo para Influenza.

Se vacinar ao chegar nos EUA sempre é bom - isso é feito lá inclusive nas farmácias. Não sei realmente como está a disponibilidade, se todas as farmácias tem, etc.

Assim que eu tiver mais detalhes, eu posto aqui no blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.