segunda-feira, 27 de abril de 2015

Vacina contra Gripe/Influenza 2015 - Postado por Jairo Len

Já chegou no Brasil a vacina contra Gripe/Influenza 2015, e está disponível para aplicação nas clínicas particulares de vacinação. Em breve deve começar a campanha de vacinação nos postos de saúde. 

Neste ano temos duas vacinas disponíveis, uma trivalente (2 tipos de influenza A + 1 tipo de influenza B) e a quadrivalente (2 tipos de influenza A + 2 tipos de influenza B).
Acho que ambas são recomendadas, tanto faz.
A epidemia (já existente) é de influenza A

TODOS devem ser vacinados, na minha opinião.

A idade mínima é de 6 meses. Lembro que na primeira vez que uma criança (abaixo de 9 anos) faz a vacina deve receber 2 doses, com um mês de intervalo. Se já tomou em anos anteriores, só há necessidade de um dose anual, sem reforço extra. Nas crianças abaixo dos 2 anos de idade a vacina faz parte do calendário de vacinação - nesta idade a doença é mais complicada e a vacinação é muito importante.

Desde 2009, todas as vacinas contra influenza tem a cepa A/H1N1. Além de outra cepa A/H3N2 e uma ou duas cepas de influenza B.

A vacina é segura, não costuma dar reações importantes, sendo as mais comuns (0,1 a 10% dos vacinados) dores no corpo, febre, sudorese e dor no local da aplicação. São reações benignas que podem durar 1 ou 2 dias.



:=) As crianças que nos desculpem, mas a vacina da gripe chegou!!!!
 

3 comentários:

  1. Dr. Jairo, bom dia! Tenho recebido de algumas mães um texto falando sobre a quantidade de mercúrio nessas vacinas do h1n1, as informações procedem? Agradeço, Bianca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca,
      A produção de vacinas (todas), que são aprovadas para uso nos Estados Unidos e Europa, é absolutamente séria e controlada. Estas vacinas passam por rigoroso controle de qualidade. A meu ver o e-mail que circula por aí é um SPAM.

      Excluir
  2. Uma dica,se estiver gravida nos últimos três meses faça antes o teste de HIV q agora é exigido nesta fase,pois se fizer o teste com menos de trinta dias após a vacina pode dar falso positivo. Tive este problema não pode amamentar meu bebê por cinco dias e ele ainda teve q tomar remédio contra a doença. Os exames mais específicos demoram este prazo para ficar pronto e deu como eu já esperava negativo mas foi frustrante passar por esta situação. Então fica a dica

    ResponderExcluir

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.