segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Genérico, muito cuidado - mas não vamos generalizar - Postado por Jairo Len

Li esta semana, em uma reportagem na Folha de São Paulo on line, que o maior laboratório brasileiro e o maior fabricante de genéricos no Brasil teve parte da sua fábrica interditada pela ANVISA. E a interdição não foi por motivos burocráticos.

"A Folha apurou que, no dia da inspeção, feita também pelas vigilâncias sanitárias do Estado de São Paulo e de Hortolândia, a temperatura do almoxarifado da fábrica estava em 46°C, quando a determinada pelas normas técnicas é entre 15°C e 28°C. Essa condição pode levar à degradação do produto, alterando a eficácia."

A ANVISA suspendeu a comercialização da amoxicilina + clavulanato, o genérico do Clavulin. Suspendeu também a rifampicina tópica, genérica do Rifaldin.


"Constatou-se ainda que um insumo farmacêutico estava sendo sintetizado de forma diferente do que consta no registro do produto."

Serve para que todos fiquemos atentos, tanto aos genéricos, como à qualidade de alguns laboratórios farmacêuticos. Nem tudo é ruim, mas, principalmente, nem tudo é bom.

À ANVISA (que costumo criticar), meus elogios, inclusive de peitar o maior laboratório farmacêutico do Brasil - o que sabemos que não é nada fácil... 

Para saber mais, leia a matéria aqui.




terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Quanto se deve dormir? - Postado por Jairo Len

Eterna briga entre adolescentes (e também crianças dos 5 anos em diante...) e seus pais, o "dormir cedo" é muito importante para aqueles que acordam cedo.
Quantas horas por dia são necessárias?
É claro que isso varia de pessoa para pessoa, mas há uma média ideal.
O cálculo é do NSF - National Sleep Foundation, uma fundação norte-americana que tem em sua equipe os maiores especialistas em sono do mundo.

O resumo das pesquisas nos últimos 10 anos é o seguinte, em horas totais ao dia:

  • Recém-nascidos (0-3 meses): 14-17 horas 
  • Bebês (4-11 meses): 12-15 horas 
  • Crianças (1-2 anos): 11-14 horas 
  • Pré-escolares (3-5 anos): 10-13 horas 
  • Escolares (6-13 anos): 9-11 horas 
  • Adolescentes (14-17 anos): 8-10 horas 
  • Adultos-jovens (18-25 anos): 7-9 horas 
  • Adultos (26-64 anos): 7-9 horas 
  • Idosos (65+): 7-8 horas 

  •  
    Adolescentes, portanto (a idade mais complexa para fazer dormir cedo quando se tem que acordar cedo), devem dormir entre 8 e 10 horas por noite.
    Imprima a informação e deixe na cabeceira da cama do seu filho...que sabe isso ajude!
     
    É claro que há pessoas que não dormem tantas horas ao dia, mas os "short-sleepers" devem sempre ser avaliados, saber se não está havendo qualquer prejuízo nas funções diárias, se não há fatores que estejam atrapalhando o sono, entre outros.
    O contrário (excesso de horas de sono) também deve ser sempre avaliado.